terça-feira, 7 de dezembro de 2010

A força do amor

Athayzo Allwes


Juro
eu tentei descobrir
Como é o amor
Que ama sem interesse
Raça nem cor
É um sentimento tão lindo
Que ama mesmo sendo ferido
Não joga na cara os bens
Que um dia a alguém fez

Juro
eu tentei descrever
A força do amor
Que voa além do infinito
Renascendo a flor
Sonhando onde não há esperança
Perdoa como uma criança
Não traz ressentimentos
De uma marca que ficou

O amor não é passageiro
Ama o tempo inteiro
O amor não joga fora
Não manda embora

O amor não é um passatempo
Que gosta sem ter sentimentos
O amor é abrigo
O amor é infinito
O amor vem de Deus

Nenhum comentário:

Postar um comentário