segunda-feira, 20 de junho de 2011

Analisando Acordes e Escalas

 



Dicas importantes:

• A escala Dórica também pode ser vista como uma escala maior, sendo tocada 1 tom acima (“C” Maior tem as mesmas notas de “D” Dórico).
• A escala Dórica por conter 3m, 6M e 7m, também pode ser usada nas progressões blues.
• Não há nenhuma nota a evitar na escala Dórica, por isso é uma excelente opção para o acorde menor.
• A escala menor natural (Eólio) tem uma nota a evitar (6m), portanto, trata-se de uma escala de sonoridade interessante, porém, tome cuidado com a 6m.
• A escala Mixolídio também é uma boa opção para o blues.
• A escala Lídia também pode ser vista como uma escala maior, sendo tocada uma quarta acima (“G” Maior tem as mesmas notas de “C” Lídio).
• A nota característica da escala Lídia é a quarta aumentada (blue note).
• A escala Lídia pode ser aplicada sobre X7M, X7M(9), X7M (#11) e X6.
• A quarta justa da escala maior é uma nota a evitar sobre o acorde maior, portanto, trata-se de uma escala de sonoridade interessante. Use a quarta justa como nota de passagem.
• A escala Lídia não tem nenhuma “nota a evitar”, portanto é uma excelente opção para o acorde maior.
• A escala Lócria também pode ser vista como uma escala maior ½ tom abaixo (“B” Lócrio tem as mesmas notas de “C” Maior).
• A escala Lócria pode ser aplicada sobre Xm7(b5) e Xm7(b5b13)
• O Mixolídio não é a melhor opção para o acorde dominante com resolução no I grau menor. Use uma escala pentatônica menor 3 tons acima (5dim).
• Outra possibilidade de aplicabilidade da escala pentatônica maior é executá-la em três tons diferentes (T, 2M e 5J) sobre um mesmo acorde. Observe que se analisar os intervalos terá os mesmo intervalos do modo Lídio.
• Outra possibilidade de aplicabilidade da escala pentatônica menor é executá-la em três tons diferentes (T, 2M e 5J) sobre um mesmo acorde. Observe que se analisar os intervalos terá os mesmo intervalos do modo Dórico.
• O modo Frígio possui duas notas a evitar (2m e 6m), o que torna essa escala desinteressante acusticamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário